Histórico

Entendendo a necessidade de fomentar e gerir a inovação, interna e externamente, a Universidade de Passo Fundo criou, em 20 de março de 2006, o seu Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia (N      IT), denominado UPFTec, o qual foi a primeira ação institucionalizada que permitiu a Implementação de um Parque Científico e Tecnológico na Região. A UPFTec, que é vinculado à Vice-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, tem como função primordial, a promoção da inovação e da transferência de tecnologia, adotando como referência o Modelo da Tríplice Hélice, buscando aproximar a universidade e seus pesquisadores do poder público e das empresas.

A UPF, ao associar-se à Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores) em 2008 marcou presença no cenário nacional e consolidou o interesse em promover atividades de capacitação, articulação de políticas públicas e geração e disseminação de conhecimentos por meio desta importante associação. Além da Anprotec, a UPF, como atual entidade gestora do Parque, participa da CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA BRASIL/ALEMANHA, do FORTEC (Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia), e da REDE GAÚCHA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL. 

Em 04 de novembro de 2013, foi inaugurado o primeiro módulo do Parque Científico e Tecnológico UPF Planalto Médio (UPF Parque), em parceria com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul e com apoio da Prefeitura de Passo Fundo. A solenidade contou com a presença de lideranças estaduais, regionais e municipais, comunidade acadêmica, empresários e convidados. Na oportunidade, representantes da UPF e Secretaria de Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Governo do Estado (SCIT) formalizaram anúncio de convênio que destina R$ 2,3 milhões para o terceiro módulo do empreendimento. O segundo módulo já está em construção.